Antimicrobianos Naturais

Antimicrobianos Naturais: Nanoclean Active é o primeiro antimicrobiano 100% natural com as seguintes funções: antibacteriano, anti fungico e anti bolor desenvolvido com produtos 100% naturais e mundialmente aceitos.  Esse grupo de  Antimicrobianos Naturais foi desenvolvido especificamente para embalagens alimentícias (potes, filmes, laminados, bandejas e garrafas).  O shelf-life aumenta a segurança de quem vende e assegura melhor qualidade do produto de quem compra. Nanoclean Active transforma uma embalagem comum de forma natural em embalagem ativa. Compatível com várias resinas termoplásticas e em todos os processos de transformação. Nanoclean Active chegando para solucionar problemas de forma natural preservando vidas de forma saudável.

Leia mais...
Você está em: Home Bactérias Causas e Efeitos 09.09.12 Estudo microbiológico de Tecidos Hospitalares

09.09.12 Estudo microbiológico de Tecidos Hospitalares

Têxteis utilizados em hospitais.

Neely (2000) procuraram determinar o tempo de sobrevivência de bactérias Gram-negativas em diferentes tipos de tecidos e plásticos comumente utilizados em hospitais. Sete materiais foram testados:

“ Provida Provendo Soluções Preservando Vidas. Proteção contra Vírus e Bactérias.  Nanoclean é mais econômico do que você pensa e é mais eficiente do imagina.”

 

Materiais testados:

  • Algodão liso (vestuário),
  • algodão felpado (toalhas),
  • algodão 60% algodão  X  40%  poliéster (avental laboratório)
  • poliésters (cortinas),
  • nylon 75% X 25% elastano (vestuário),
  • polyivinil  (aventais )
  • poliuretano (tampas teclados).

 

Microoganismos

Neely usando Pseudomonas aeruginosa, Escherichia colli, Klebsiella pneumoniae, Seratia marcescens, Proteus mirabilis, Acinetobacter, e as espécies Enterobacter para inocular amostras de materiais e, em seguida, ensaia-los em testes regulares. A sobrevivência da bactéria dependente, o seu tamanho de inoculo, e o material testado. Amostragem das bactérias sobreviveram entre duas horas e a mais de 60 dias. Neely diz que seus resultados reforçam a necessidade de desinfecção cuidadosa e procedimentos de contato com consciência em áreas que servem indivíduos com  imuno-supressão.

Tecidos

Em um estudo separado, Needly e Maley (2000) determinaram a sobrevivência de 22 bactérias Gram-positivas (sensíveis à vancomicina e enterococos resistentes à meticilina e estafilococos sensíveis e resistentes) em cinco materiais hospitalares comuns: 100 por cento de algodão liso  (roupas), 100 por cento poliéster (cortinas), e 100 de plástico polipropileno (aventais impermeáveis). Amostras foram inoculados com 104 a 105 CFU de um microrganismo, ensaios diários colocaram os swaches em meios nutritivos, e examinando o crescimento após 48 horas. Todos os isolados sobreviveram durante pelo menos um dia, e alguns sobreviveram  por mais de 90 dias em vários materiais.

 

Resultados

Neely e Orloff (2001) procuraram determinar se tecidos e plásticos servem como reservatórios ou fômites para a transmissão além de espécies de fungos, tais como Candida albicans, e a capacidade de alguns fungos de sobreviver em artigos hospitalares comuns, tais como cortinas, toalhas, roupas de trabalho, aventais de plástico impermeável e proteção de teclado de computador. Amostras foram inoculados e incubadas e posteriormente testadas em relação à sobrevivência dos fungos. Os pesquisadores informaram que Asperfillus e Mucor sobreviveram 26 dias: Candida Fusarium, e Paecilomyces sobreviveram por cinco dias. Dentro da espécie Cândida, C. parapsilosis viveram 30 dias em todos os materials, em comparação com uma duração de quatro dias de C.albicans, C. tropicalis e C. krusel. Os fungos tendem a sobreviver por mais tempo em 100 por cento dos materiais sintéticos (poliésteres, elastano, polietileno e poliuretano) em média de 19,50 dias do que do que nos tecidos com um conteúdo de fibras naturais (algodão, linho, e misturas) para uma média de cinco dias.

Fonte:A matéria aqui divulgada é parte do trabalho publicado no site do Intection Control Today entitulado " Pathogen Persistence Transmition and Cross-Contamination Prevention." página 29.

 

É fato comprovado. Infecção hospitalar  mata, e muito, todos os anos. Boas práticas em higiene pessoal, limpeza de ambientes e utensílios  utilizados para  atendimento  a clientes/pacientes  são medidas preventivas eficientes, porém dentro de um processo  contínuo, em que um grande número de pessoas são envolvidas  e que também envolve equipamentos e acessórios médicos/hospitalares  de áreas distintas,  o risco de contaminação cruzada cresce de uma forma intensa, por que o volume de atendimentos são altos. Dessa forma os aditivos antimicrobianos ou antibacterianos incorporados em resinas plásticas, tecidos e tintas  durante a fabricação, podendo ser um bem descartável ou durável mostram o seu valor de uso. Esses aditivos aliados às boas práticas ampliam a barreira de proteção quanto à contaminação cruzada, reduzindo a contaminação cruzada e consetuente infecção hospitalar , mas nunca abandonando as normas recomendadas de limpeza e procedimentos.

Um bom aditivo antimicrobiano tem as funções bactericida e bacteriostática. Um produto eficiente também deverá eliminar além das bactérias, os bolores, as leveduras e os vírus. Os benefícios dessas tecnologias são amplos, é preciso saber quantificar e monetarizar os resultados para que possam ser comparados com o acréscimo dos custos. A tradicional relação CUSTO X BENEFICIO é que apontará a posição financeira. Por que quanto chegamos a palavra final CUSTOS, aumento de CUSTOS surge o impasse! Certamente todo aditivo agrega um custo na matéria prima por que ele trará um resultado desejado, nesse momento conte com uma alternativa econômica, eficiente e duradoura, consulte a Provida Antimicrobianos, site www.provida.ind.br, nele você encontrará 03 linhas de antimicrobianos para tintas e resinas plásticas, a linha de antimicrobianos orgânicos "Nanoclean 80 e Nanoclean 500", a linha de antimicrobianos inorgânicos "Nanoclean Glass" produzido com silver glass (íons de prata em matriz vítrea) e a terceira linha inédita no mercado o antimicrobiano 100% natural "Nanoclean Active" desenvolvido para transformar embalagens convencionais em embalagens ativas, produzido com ácidos orgânicos (100%). Das 3 linhas de produtos certamente uma resolverá o seu problema de microrganismos com eficiência e economia. Você encontrará também no www.provida.ind.br várias matérias técnicas sobre plásticos, boas práticas, bactérias, fungos, bolores, leveduras e vírus. Além de ter acesso a várias matérias de institutos ligados à saúde e a indústria alimentícia.

Att.

Rúbio Riba

 

 

A Provida Antimicrobianos possui produtos que quando aplicados em resinas plásticas, borrachas, silicone e TR eliminam vírus, bactérias, leveduras e bolores. Leia sobre o o masterbatch orgânico Nanoclean 500, masterbatch inorgânico Nanoclean Glass e masterbatch natural Nanoclean Active.

 

 

 

Contatos

Pomerode/SC
+55 (047) 9983-7850 ou +55 (047) 3380-1857

Todos os Direitos Reservados ® Provida 2020